Click here to edit title

Programa Interunidades de Pós-Graduação

Estrutura Conceitual

O PPGAAI estrutura-se em uma área de concentração em “Análise Ambiental Integrada”, subdividida nas linhas de pesquisa que constituem-se etapas da análise ambiental em um sentido amplo, denominadas “Avaliação, Prognóstico e Diagnóstico Ambiental”, “Monitoramento Ambiental” e “Controle e Remediação Ambiental”, tendo como premissa a relação indissolúvel e complexa entre todos os elementos que compõem o meio ambiente.


As linhas de pesquisa retroalimentam-se na geração do conhecimento, em que o aperfeiçoamento de métodos, técnicas e princípios de abordagens na avaliação, prognóstico e diagnóstico ambiental contribuem para o desenvolvimento de indicadores e técnicas de monitoramento de impactos ambientais que, por sua vez, auxiliam na definição das ações de remediação e de controle ambiental (considerando-se também iniciativas de gestão, ações sociais e tecnologias para mitigação de impactos ambientais). Tais ações, por sua vez, poderão indicar pontos críticos para o aperfeiçoamento da avaliação e monitoramento ambiental. Assim, sob essa concepção os projetos de pesquisa de uma determinada linha entrelaçam-se aos de outras linhas oferecendo mutuamente subsídios, gerando demandas e induzindo articulações, fomentando o trabalho interdisciplinar.


A consecução de tal objetivo é norteada pelos projetos de pesquisa do programa, concentrados na abordagem dos problemas ambientais principalmente das bacias hidrográficas da Região Metropolitana de São Paulo e da zona costeira da Baixada Santista e das bacias atmosféricas relacionadas a elas. Neste sentido, a escolha do recorte geográfico das bacias hidrográficas compatibiliza a escala espacial e temporal de estudo do PPGAAI com as das organizações públicas ambientais, por exemplo, que as adotam como unidades de gerenciamento ambiental integrado. Assim, os resultados dos projetos executados no PPGAAI deverão contribuir para atender às demandas da sociedade relacionadas à prevenção, mitigação e eliminação dos impactos ambientais.

NUVENS de PALAVRAS

projetos de pesquisa

 

titulos de dissertações

Laboratórios

O PPGAAI conta com laboratórios de pesquisa nas unidades José de Filippi e José Alencar Gomes da Silva, no campus Diadema, e na Unidade Ponta da Praia, no campus Baixada Santista. O mobiliário básico foi adquirido e instalado com a aplicação de recursos do Programa REUNI, Reserva Técnica Institucional, bem como com a complementação de recursos de projetos coordenados por docentes do programa. A área total de laboratórios para os pesquisadores do programa é de pouco mais de 800 m2, distribuída nas seguintes unidades:


. Centro de Estudos Etnobotânicos e Etnofarmacológicos (CEE) – Campus Diadema

. Laboratório de Bancos Ópticos – Campus Diadema

. Laboratório de Bioinorgânica e Toxicologia Ambiental – Campus Diadema

. Laboratório de Biotecnologia e Sistemas Naturais – Campus Diadema

. Laboratório de Catálise e Química Verde - Campus Diadema

. Laboratório de Desenvolvimento de Processos Químicos – Campus Diadema

. Laboratório de Ecofisiologia e Monitoramento Ambiental – Campus Diadema

. Laboratório de Ecologia e Sistemática – Campus Diadema

. Laboratório de Economia, Saúde e Poluição Ambiental – Campus Diadema

. Laboratório de Eletroquímica e Eletroanalítica (LABEE) – Campus Diadema

. Laboratório de Estudos Teóricos em Gravitação e Astrofísica – Campus Diadema

. Laboratório de Geologia Ambiental e Ciência do Solo – Campus Diadema

. Laboratório de Materiais Híbridos – Campus Diadema

. Laboratório de Paleoecologia e Ecologia da Paisagem – Campus Diadema

. Laboratório de Química de Calixarenos, Espectroscopia Molecular e Catálise – Campus Diadema

. Laboratório de Química Bioorgânica Prof. Otto Richard Gottlieb – Campus Diadema

. Laboratório de Síntese Orgânica e Catálise – Campus Diadema

. Laboratório Interdisciplinar de Poluição Ambiental – Campus Diadema

. Laboratório Multiusuário de Espectrometria e Cromatografia – Campus Diadema

. Laboratório Multiusuário de Ciências do Mar – Campus Baixada Santista

Interdisciplinaridade

O PPGAAI contará com os seguintes mecanismos de fomento ao exercício interdisciplinar:

. Oferecimento de disciplinas obrigatórias integradoras de conhecimento, oferecidas simultaneamente por docentes de áreas distintas para abordagem de um estudo de caso.

. Possibilidade de orientação dupla e tripla (comitê de orientação), consonante com novas políticas da CAPES para programas interdisciplinares. Os orientadores terão responsabilidade e envolvimento equânimes, estimulando o discente a abordar e integrar diferentes perspectivas na análise de um problema ao longo de seu projeto.

. Adoção da problematização (Problem Based Learning - PBL) nas disciplinas como estratégia pedagógica para formação dos egressos. Serão propostos grandes temas a serem abordados nos exemplos e debates em disciplinas específicas, permitindo que os discentes revisitem a análise de um problema por meio de diferentes abordagens nas disciplinas específicas.

. Formação intelectual dos alunos com base na Teoria da Complexidade, estimulando-os a analisar o ambiente e suas questões de forma abrangente e integrada.

Perfil dos alunos

Reconhece-se a importância de equipes multidisciplinares na construção de soluções para os problemas ambientais. Entretanto, a articulação efetiva de especialistas de tais equipes depende de um profissional interdisciplinar com visão do todo e que seja capaz de promover a interação, integração e diálogo entre as disciplinas específicas. Portanto, o programa propõe-se a formar pesquisadores que tenham habilidades e competências para articular o diálogo entre diferentes áreas do conhecimento sob uma perspectiva interdisciplinar aplicada às questões ambientais, capazes de gerar novos conhecimentos relacionados com o desenvolvimento de políticas públicas, metodologias e tecnologias sustentáveis mitigadores de impactos ambientais.

O profissional egresso do programa deverá ser capaz de:

. Formular perguntas, desenvolver metodologias, testar hipóteses, analisar criticamente resultados e solucionar problemas ambientais;

. Conceber, planejar e executar pesquisa na área de Ciências Ambientais, bem como divulgar adequadamente os resultados e compreender a

literatura técnica e científica de sua área de formação;

. Participar de equipes multidisciplinares como agente articulador e integrador de saberes distintos, promovendo a compreensão e adoção de

uma visão interdisciplinar e orientar ações que objetivem o adequado tratamento das questões ambientais.

Proposta pedagógica

O projeto de pesquisa a ser desenvolvido pelo aluno matriculado no programa deve estar alinhado em uma ou mais linhas de pesquisa do programa, estimulando a concatenação de uma formação interdisciplinar na área de Meio Ambiente. Um dos mecanismos para a consecução desta proposta é o oferecimento do conteúdo das três disciplinas obrigatórias: Análise Ambiental Integrada, Metodologia de Pesquisa Interdisciplinar e Seminários Integradores Gerais. Nestas disciplinas o objetivo é iniciar a formação teórica e prática do aluno baseando-se na Teoria da Complexidade e prepará-lo para o trabalho sob abordagem interdisciplinar na área ambiental, fornecendo subsídios para a expansão de sua visão acadêmica. Para tanto, estas disciplinas serão oferecidas conjuntamente por pelo menos três docentes (um de cada linha de pesquisa), gerando a oportunidade de apresentação de problemas e debates com as perspectivas de cada linha do programa, com o benefício adicional de reforçar a interdisciplinaridade do corpo docente.


A grade curricular conta também com disciplinas eletivas que serão oferecidas regularmente, mais específicas para as linhas de pesquisa, das quais o aluno deve cursar pelo menos 8 créditos. Consta na grade também a disciplina de “Tópicos Especias em Análise Ambiental Integrada”, que servirá para acomodar temas de interesse excepcional por parte do programa ou para que eventuais docentes visitantes possam ministrar disciplinas.


Em todas as disciplinas os docentes serão estimulados a adotar estratégia pedagógica o Aprendizado Baseado na Resolução de Problemas (Problem Based Learning – PBL), em que os conteúdos são repassados por meio do estudo de casos reais e o desenvolvimento da disciplina seguirá o ritmo e campos de interesse de aprendizagem dos alunos. Além disso, serão propostos temas/cenários ambientais mais específicos para serem abordados nos exemplos e exercícios de todas as disciplinas oferecidas em um mesmo ano, de modo que o aluno tenha a oportunidade de entrar em contato com diferentes visões sobre o mesmo problema, auxiliando-o a expandir sua compreensão sobre a área de Meio Ambiente.


Além das disciplinas, os alunos poderão integralizar seus créditos com atividades complementares. Nesta categoria serão aceitos estudos dirigidos, monitorias em disciplinas na graduação, orientação/co-orientação de iniciação científica, participação/organização de eventos científicos, produção intelectual (resumos, trabalhos completos em eventos, resenhas, capítulos de livros, livros etc.), entre outros tipos. Essas atividades estarão disciplinadas pelos instrumentos legais do conselho do curso do programa e de acordo com as regras da Comissão de Ensino de Pós-Graduação da UNIFESP.



INTEGRALIZAÇÃO DE CRÉDITOS


Mestrado: o aluno deverá cumprir um total de 60 créditos, sendo 23 créditos associados às disciplinas (15 créditos em disciplinas obrigatórias e 8 créditos em eletivas), 2 créditos em atividades complementares e 35 créditos relativos às atividades de pesquisa e defesa da dissertação. O número de créditos em disciplinas de outros programas não poderá exceder 30% do total de créditos previstos para serem cumpridos em disciplinas.


Doutorado: o aluno deverá cumprir um total de 110 créditos, sendo 27 créditos associados às disciplinas (15 créditos em disciplinas obrigatórias e 12 créditos em eletivas), 3 créditos em atividades complementares e 80 créditos relativos às atividades de pesquisa e defesa da tese. O número de créditos em disciplinas de outros programas não poderá exceder 30% do total de créditos previstos para serem cumpridos em disciplinas.

E-mail: [email protected]


Secretaria de Pós-Graduação - Rua São Nicolau, 210 - 5º Andar - Diadema - SP - CEP: 09913-030

Telefone: (11) 3319-3511 / (11) 3319-3516 - [email protected]